quinta-feira, 12 de abril de 2012

Férias em “Part-Time” (*): Adaptação, evolução… e vida de cão...



O ser humano tem a capacidade singular de se adaptar e evoluir perante a adversidade.

Nesta nova rubrica, “Sol, Mar… e um pouco mais”, espera poder servir de guia e, de certa forma, explanar-lhe todo um novo universo de potencialidades para que, mesmo em tempos de crise, não deixe de “viver”.

Assim, “desvendando”, sempre em “primeira mão”, alguns dos novos produtos disponíveis no mercado, vamos revelar a parceria celebrada entre a Troika e o IKEA.

Explicado fica, o facto da grande maioria dos portugueses estar a ficar depenada. Fruto dessas mesmas medidas, o IKEA já informou ter, em armazém, matéria-prima para o fabrico de edredons (penas), não sendo de esperar ruturas de stock…

Já o investimento português, este, tem sido direcionado para o turismo, daí podermos neste momento revelar a nova série de produtos, por si só ímpares, atrativos e em especial, muito low cost…
Em destaque, aqui, no “Sol, Mar… e um pouco mais”, a nova Agencia de viagens, Merkel & Coelho, Lda., que oferece serviços de turismo inovadores, como o viajar em Lisboa by foot, de preferência descalços e já com a refeição na mochila.

Pode, ainda, numa opção um pouco mais dispendiosa, atravessar Lisboa de lés a lés, utilizando o Metro, ou o autocarro da Carris.

Nesta primeira edição, procuramos, ainda, o (a) ajudar, sempre com sugestões de grande utilidade.
Desde logo, recuse o consumismo e substitua os já antiquados postais, por um e-mail, adicionando-lhe uma fotografia captada por telemóvel.

Nessa mesma sequência, recuse a compra de souvenires, e uma vez mais, via correio eletrónico, envie mensagem a todos os seus amigos para consigo observarem as 10.001 imagens “imortalizadas” durante as férias.

Sossegue… calma… garanto-lhe que nenhum aparece, com a mais-valia do retorno de e-mails de agradecimento, sem o inconveniente de qualquer despesa adicional.
Pode, ainda, no final do passeio aproveitar o rio Tejo, junto á praia fluvial do Terreiro do Paço e lavar os pés.

Para a semana cá o (a) esperamos com o tema “Part-time”.

 (*) Produtos apenas disponíveis para gregos, portugueses, irlandeses, espanhóis e italianos.

31 comentários:

  1. Cá vou ficar à espera de ver como é a vida de cão em férias... As minhas já estão a ser adaptadas ( não terei nenhumas nem em part-time) e quanto à evolução só se houver uma revolução.

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Acácia… depende sempre do cão… (risos) este será um cão “sem pulgas”
      Ainda assim com recursos algo “escassos”…
      Já não acredito em revoluções…nem mesmo de uma revolução ao nível das mentalidades…
      Grande beijinho

      Eliminar
  2. com todas essas dicas finalmente posso pensar em férias, obrigada, obrigada e obrigada,
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Multiolhares, acho que o conceito de “férias” vai desaparecer do nosso vocabulário… vamos voltar ao conceito de “dia de descanso”, muito provavelmente a ser utilizado num segundo, ou terceiro, emprego…
      Beijo

      Eliminar
  3. Adaptar... adaptar... não será bem... porque à força... ninguém se adapta, será talvez uma resignação ao inevitável... ;)

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isa, não gosto mesmo, mesmo, mesmo nada, da palavra “resignação”, faço parte do rebanho, mas não sei a minha cor, penso não ser “ovelha negra”, ainda assim, tento pensar, usando os parcos recursos que tenho, e enquanto os pensamentos continuarem a fluir, há situações que digo “lamento, mas esse não é o meu caminho”…
      Bjos, e bom domingo

      Eliminar
  4. rrss muito grata, porque goatria de continuar a viver e não só a sobreviver . Aliás, como fiz durante anos , muitos


    Bons sonhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá São, muitos sobrevivem…
      Não tenho fórmulas económicas mágicas… ou seria eu a estar no lugar do Vitor Gaspar…
      Grande beijinho

      Eliminar
  5. Dispenso, isso não são férias ... é castigo!
    Mas ri-me imenso :)) embora ache que devesse chorar...
    Nem part-time muito menos full-time e qual low coast, não há gelt.

    Gostei.
    Pelo menos saí das lamechices em vigência em todo o lado!

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ná, fico contente, pois foi-me dito que o texto estava algo enfadonho… se não tivesse um fim de semana tão “agitado” e com coisas combinadas, teria tentado reformular o texto…
      Como sou naturalmente do contra, tento navegar contra a corrente aproveitando a “adrenalina” (risos)
      Obrigado e bom domingo

      Eliminar
  6. Gosto deste humor que não tem nada de low coast! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rosa dos ventos,
      Obrigado, abraço e tem um óptimo Domingo

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Boa tarde Pedro Coimbra,
      Obrigado, abraço e bom Domingo

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Grandes “rebaixas” mfc…(risos)
      Tem um óptimo domingo.

      Eliminar
  9. Ora aqui está umas férias adaptadas ao meu bolso :)
    Sem stress e com muito humor, gostei, continua :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Fê,
      Ainda bem que estás de volta,
      Grande beijinho e tem um excelente domingo

      Eliminar
  10. Olha que para quem não tem férias vai já a caminho de 3 anos é uma óptima sugestão.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Utena,
      3 anos… ups… não me volto a queixar…
      Mas sabes… em 2011 tive as melhores férias da minha vida… 9 dias, a dormir em casa, e a usufruir dos locais que tenho por perto… num dos melhores Setembros de sempre…
      Beijinhos

      Eliminar
  11. Votos de bom fim de semana.
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ná,
      Obrigado e espero que o fim de semana te esteja a correr pelo melhor,
      beijinho

      Eliminar
  12. Nada mau pensado. De facto, nos dias que correm num país ocidental como Portugal, para vermos o mundo nem precisamos de ir muito longe. Em Lisboa é quase como estar simultaneamente na Europa do Leste, em África, na Ásia Menor, na América Latina e no Extremo Oriente. Se quisermos ver coisas exóticas, há o Martim Moniz. Se queremos ir para África temos toda a linha de Sintra, com a Amadora como capital. Se quisermos ver os antigos soviéticos, aqui na minha zona eles são cada vez mais. Na margem sul não é preciso esforçar-se muito para dar de caras com os do outro lado de lá do Atlântico.
    A melhor parte é que, durante o périplo pela grande metrópole, é que, se tiver mesmo muita pontaria, é assaltado. Uma experiência reincidente para muitos e nova para alguns que só enriquece a noss vivência...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Firehead,
      Compreendo… mas não tenho nada contra a diversidade cultural, desde que venham por bem e enriqueçam o nosso quotidiano, e/ou de certa forma compensem as lacunas que o País possa ter.
      Lisboa, para capital, em horário diurno, com a ressalva dos carteiristas (todas as grandes capitais têm tal problema), é segura, tanto quanto pode ser.
      Tem um excelente Domingo

      Eliminar
    2. Diversidade cultural, ou melhor, multiculturalismo, sim... mas controlado. Em excesso torna-se inimiga da identidade nacional.
      E sim, Lisboa comparado com muitas capitais ainda é uma espécie de Paraíso. O problema é que a Justiça portuguesa fica muito a desejar quando comparada com a dos outros países. É o que dá sermos um país de brandos costumes...

      Eliminar
  13. Amigo,

    Tem atenção que, com este andar, o humor tambem vai passar a ser taxado.

    :-)))

    Beijossss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O humor, o sol, chuva, nevoeiro, oxigénio… Bjos e tem um óptimo Domingo

      Eliminar
  14. kkkkkk..muito espirituoso!

    Eu gostava era de saber como poupar no que gasto semanalmente para me dirigir para o meu trabalho.
    Faço 160 km's diários e não tenho alternativa a não ser viatura pessoal. Ao preço a que está o combustível também eu fico com stock de penas para dar e vender, mas estas doem-me na pele, desfio-as de manhã e à tardinha.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra,
      Bicicleta… mochila e artigos para banho após cada “treino”.
      É complicado, eu escolhi morar longe da capital, onde trabalho. Se um dia tiver de mudar de local de trabalho, posso passar a ter o mesmo problema… quando eu tiver uma solução… prometo partilhar,
      Beijinho e aproveita bem este domingo.

      Eliminar
  15. E alternativas para a rapaziada da província, também há?
    :)

    ResponderEliminar
  16. Olá Rui, já tenho em agenda algumas alternativas… muito boas garanto… Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar